sábado, 7 de junho de 2014

Todas as fotos do Expo Hip Hop

sábado, 1 de março de 2014

Estamos de Volta!!

Em primeiro lugar venho pedir minhas sinceras excusas por ter-lhes abandonando, leitores. Infelizmente alem da rede virtual temos uma vida fora desse mundo tão empolgante. Prometo me dedicar profundamente a você leitor, que mesmo com a ausência de postagens não deixou de nos visitar.
Sei que hoje não estamos entre os TOP 10 do Rap no Brasil com há tempos atrás, mas prometo que faremos o possível para está novamente entre os melhores.
Então chega de conversa e vamos ao labor!!!!!
Começando 2014 (em março, parece sacanagem, mas pra não dizer que o ano só começa depois do carnaval, vamos começar durante), trago uma novidade de muito agrado a todos os fãs do melhor Rap Nacional. Estamos confirmados com a cobertura oficial do Rap Federal 2014, que terá como atrações principais Dexter, Racionais e o Retorno do Álibi. Mas trarei mais novidades em Breve.




sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Tristeza e Luto no Hip Hop Goiano!

Matéria Escrita por Prettu Joe "Família D'Responsa"


   Hip Hop Goiano está de luto. Faleceu na segunda-feira dia 21 de Outubro de 2013 aos 42 anos. O produtor musical Edison Cruzorff. 
Tambem conhecido como vocalista e lider da banda Cruzorff. O produtor ficou mais de 20 dias internado se recuperando de uma grave pneumonia e no decorrer do tratamento médico contraiu uma infecção generalizada, onde não resistiu e veio a óbito. 
   Na cena músical underground ele foi um dos grandes responsáveis por gravar e produzir algumas bandas e a maioria dos grupos de rap da cidade 
de Goiânia (GO) e da região metropolitana. Gravou artistas de vários Estados do Brasil e também chegou produzir algumas trilhas sonoras para filmes 
e comerciais. 
   Edison Cruzoff à mais de uma década se juntou a cultura Hip Hop e com o seu enorme coração de militante se tornou uma grande personalidade no meio,
cultural pois esteve sempre engajando junto com essa rapaziada realizando sonhos, ajudando a produzir eventos, passando conhecimentos para aqueles 
que começaram a gravar (home studio) em casa no fundo de quintal. Foi tambem um grande educador socio cultural onde vinha ja a alguns anos ministrando cursos e oficinas de 
audio e video para adolecentes de escolas publica nas periferias da capital do Estado de Goiás.
   Infelismente mais uma triste fatalidade que leva de nós um grande colaborador da Cultura de Rua.
   Os B.boys, Dj's, Mc's, Grafiteiros e simpatizantes do Hop Hop Goiano agradece a esse eterno amigo os grandes serviços prestados a comunidade.
   Que Deus traga conforto aos corações dos amigos e parentes.

   In Memoriam - Edison Cruzoff *07/01/1971- +21/10/2013
   Onde Estiver... Esteja em um Bom Lugar rapaz.!!

  Por: Prettu Joe [ U Plano/D'Responsa ]

quarta-feira, 25 de setembro de 2013



Nesta quarta-feira (25), o Grupo Comunidade X volta ao cenário do Rap Nacional. Com nova formação (Kaerb e F.E). O grupo trás a música “Na Fé (2)”, com a participação de Alemão, integrante do grupo “A Tribo do Guetto”.




A música que relata a fé em 3 pontos de vista, é uma composição de F.E, que vinha fazendo um trabalho solo desde a extinção do grupo “Descendentes da Guerra”. – É um trabalho que sempre quis fazer parte, o grupo Comunidade X fez parte da minha história e sempre foi uma referência musical para mim. É um sonho que estou realizando e sei que tenho muito a oferecer ao grupo e ao Rap Nacional – Relata F.E.



Para Kaerb, a revitalização do grupo, também tem como foco reerguer o Rap do Entorno Sul de Brasília, que anda meio enfraquecido – Os grupos foram desistindo da caminhada, assim como nós, mas esse é o primeiro passo para retomarmos o caminho, agora muito mais amadurecidos e fazendo as coisas corretas, esperamos que os outros grupos também voltem à atividade, porque fazem muita falta ao Rap Nacional.

Na Fé (2) by raptalentos

sexta-feira, 30 de agosto de 2013

DIALETO SOUND CREW (DIALETO MC'S)


Dialeto Sound Crew (Dialeto MC's) é um coletivo com influencias Reggae, Rap, Soul, R&B e música brasileira, que reflete a diversidade e a miscigenação presente no Brasil. Original do DF, é a sintetização de ritmos, culturas, e ideias de revolução tanto espiritual quanto social. O grupo é formado por um Dj e quatro vozes: Dj Janna e os vocalistas Dudulino, Heitor Valente, Jocilaine Oliveira e Apoena Ferreira, que apresentam letras de autoria própria utilizando a dinâmica do "Sound System".
A música tema do álbum "Somos um só" conta com a participação do poeta do rap GOG, traduzindo a ideologia de coletividade vivida pelo grupo. "Para nós a atitude de sermos UM SÓ é o que determina nossa musicalidade, desde o processo criativo até a execução das canções". Vale ressaltar, que o "Dialeto" não seria uma realidade sem a imensurável contribuição de todos os familiares e parceiros que fazem parte desta causa, em especial: Rafael Paz Curvelo (UNIDADE 76), Leandro Morgado (DJ BATMA), Rafael Almeida (RIDDIM X) e o artista Guga Baygon (BAYGON), responsáveis pela produção fonográfica e artística do álbum SOMOS UM SÓ. "Revolução começa pela união, informação, reflexão pra despertar ação..." (DIALETO)
Latest tracks by Dialeto Mc's


Clipe da música: Coragem do Ladrão: http://www.youtube.com/watch?v=OJYT2fd0oG8

Clipe da música: Fyah Pon Dem - ao vivo - http://www.youtube.com/watch?v=ZAGJl2QKFag

sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Wney - Subúrbio DF


Diretamente da quebrada do Entorno Sul de Brasília, apresentando Wney Subúrbio DF, um talento nato do Rap Nacional, com certeza vocês verão mais obras desse artista por aqui, por enquanto, confiram MENOR INFRATOR:

domingo, 4 de agosto de 2013

Lançamento Clipe 20 de 40 - Viela 17



Foi de arrepiar ser um dos primeiros a assistir o clipe 20 de 40 do Viela 17, no último sábado (03) na Praça do Cidadão em Ceilândia-DF. A admiração e respeito que Japão tem pela sua cidade fica claro em cada apresentação do artista.

Seguem as fotos tiradas no evento:























terça-feira, 11 de junho de 2013

DEJAH - SINTA A VIBE

Dejah – Sinta a Vibe

Crítica ao Álbum: O álbum de Dejah tem 8 faixas, primeiro faremos uma síntese individual por faixa e depois uma qualificação geral.

Menina Mulher: Bem interessante a ideia da música, discorre sobre a história de uma criança que sofre abusos sexuais. Encontra a liberdade através da esperança e da fé.

Glória a JAH: Uma das melhores músicas do EP sem nenhuma dúvida. Um ragga que deixa bem claro as características de Dejah ligadas ao reggae, a participação de Afroragga engrandece muito a música, traz uma mesclagem de levadas interessante. O ponto baixo dessa música e a instrumental que em alguns momentos ouve-se a vinheta de proteção.

Sinta a Vibe: A música que intitula merecidamente o EP deixa bem claro o quanto Dejah se diverte com seu estilo não tão comum de levada, lembra bem o estilo de reggae do grupo Planta e Raiz. Um reggae gostoso de ouvir.

O Grito dos Bons: Deixa claro o título. A música é um verdadeiro grito daqueles que acreditam que podem mudar o sistema. Bem na levada da nova escola, o rap mais estruturado e expressivo. Destacando a parte “Pelo vale da sombra da morte eu caminhei, sempre me fiz de forte, mas sozinho chorei”, chegou a trazer arrepios a esse humilde crítico.

As Ruas: A música mais gangstar do EP, traz o cotidiano do que acontece nas ruas.
Não abro mão de você: Uma das duas músicas melodie do EP, repete a levada estruturada de “O grito dos bons”, com um belo vocal nas partes de coro.

Meu Melhor Amor: Para delírio dos admiradores do “melody melado”, esse tem tudo para se tornar um clássico. Dejah “colocou mel” na levada e deixou o coração falar.

Mais um mano que se vai: A maior música do EP,já arrepia no começo, cada compasso enche o olho de emoção, retrata a falta, a perda, a saudade, se fosse para classificar as faixas por ordem, sem dúvida essa seria a número 01. Traz na metade, aparentemente uma homenagem a Vitão, com voz e violão.

Crítica Geral:

Em resumo, o EP DEJAH – SINTA A VIBE, é um dos álbuns mais agradáveis de se escutar esse ano de qualquer grupo do DF/GO, mescla bem, músicas de protesto, funk melody, Reggae. Faz com maestria qualquer um dos estilos. A capa chama a atenção, um belo trabalho na arte, o único ponto negativo, são algumas vinhetas existentes em uma ou outra instrumental, nada que interfira na qualidade do trabalho de Dejah.

Fica aqui nossa crítica, ressaltando que nada aqui é verdade absoluta, então caso discorde, não deixe de comentar abaixo.


Quer uma crítica do seu álbum? Entre em contato através do raptalentos@gmail.com ou pelo Facebook: Rap Talentos.

sábado, 8 de junho de 2013

Manipulação Verbal ft. DFC - Banzé


Roy - Manipulação Verbal vem com o lançamento da música BANZÉ, com participação do grupo DFC, no melhor estilo gangsta rap, vale a pena conferir essa viagem. *****



terça-feira, 28 de maio de 2013

RAP TALENTOS APRESENTA: ELIABE CAOS


Em uma pegada envolvente, um rap bem bolado, belos beats e letra extremamente conscientizadora, diretamente da capital do Rap Nacional São Paulo, apresentamos ELIABE CAOS

Teaser do Clipe:

Som:

domingo, 26 de maio de 2013

quinta-feira, 16 de maio de 2013

sexta-feira, 10 de maio de 2013

O Novo Rebelde


Confesso que  não é meu rapper preferido. Confesso até que desconheço 98% de suas músicas, mas  confesso também que algumas coisas me agradam. Ver Emicida na tela do Esquenta no último domingo na Rede Globo, disputando uma batalha de "Free Style Samba", com Péricles, Arlindo Cruz e Xande (Revelação), muito me agradou. Me agradou vê-lo rimando com grandes nomes do samba, me agradou me ver representado ali, na fábrica de ilusões, representando um elemento que tanto sofremos para ter espaço. Peço desculpa aos meus leitores mais tradicionais, que acham que isso é "se vender", mas realmente me senti representado. Não se pode negar que ele, o Leandro, é um cara autêntico. Autêntico e corajoso, porque já sabia o que enfrentaria, ao ser perguntado por Regina Casé se achava que alguém falaria alguma coisa por ele estar lá, ele prontamente respondeu positivamente, mas que estava preparado pelo que poderia enfrentar. 
Independente disso ou daquilo leitores, venho expor um pensamento que tive ao assistir esse programa. Desde a partida de Chorão (charlie Brown Jr.) do nosso plano astral, um "cargo ficou vago". A "vaga" do rebelde, daquele que agrada o povo mais underground, e por que não um rapper? Se deu tão certo com Mv Bill, seja na trilha sonora de Velozes e Furiosos 5, seja atuando na Malhação, seja na Dança dos Famosos. Uma cara nova, revoltada como o princípio da Banda Charlie Brown Jr, às margens do senso comum, que em breve se tornará comum. Tornando o nosso rap um som comercial popular. 
Mas ao contrário do que EU faria normalmente, não vou criticar, vou deixar isso para você leitor, afinal quem não quer ter sua música tocando no folhetim das 7 da Rede Globo? Quem não quer divulgar seu trabalho na TV? Pense e SE responda, palmas para a mídia na construção do NOVO REBELDE.
Pra você que não viu, segue um trecho da apresentação de Emicida no Programa Esquenta da Rede Globo:



Segue também a música do Emicida,  disponível no  Soundcloud do Laboratório Fantasma (produtora)
  Emicida - Zóião by Laboratório Fantasma

quarta-feira, 8 de maio de 2013

Rap Talentos apresenta: Manipulação Verbal


Diretamente de Santa Maria-DF, com uma pegada envolvente, mostra que o rap vai muito além da rima de protesto. Segue uma música em parceria com o grupo DFC. Em breve estarão sendo entrevistados pelo Rap Talentos.

sábado, 20 de abril de 2013

F.E lança música com parceria do mexicano Dhekko


Em parceria Inédita, o Rapper Brasileiro F.E grava música com o Mexicano Dhekko, a música mostra uma nova vertente do rapper candango, o Funk Melody, confiram:


segunda-feira, 15 de abril de 2013

Show Racionais Mc's em Brasília 2013

Um ano após a nossa última reportagem destinada ao grupo de rap mais popular do Brasil, trazemos de novo o grupo Racionais Mc's à nossa pauta. Autorizados pela organização do evento a fazer a cobertura do evento RAP FEDERAL, inclusive dos bastidores, que ocorreu no último dia 06 de abril.



Que fique aqui registrada a nossa gratidão e satisfação por ter feito parte desse evento não apenas como plateia, mas como observadores dos trabalhos por trás dos palcos. Que fique expressa que se não fosse por você WelbySee, nada disso teria sido possível.




Os shows foram realmente fantásticos. Destacando Versículo do Rap, grupo da Santa Maria - DF, representando muito bem o entorno sul de Brasília, outro show que retratou os bons e velhos tempos do Rap Nacional foi Dj Jamaika e Cirurgia Moral juntos no palco, o único ponto baixo foi o playback, entretanto, nada que diminuísse o brilho da apresentação. (Veja trecho do show no video postado por Jamaika http://www.youtube.com/watch?v=clTudJ6icn0 ).





O ponto mais alto do show foi sem dúvida a apresentação do grupo Viela 17 que levou consigo ao palco o grupo DBA11, com a apresentação de WelbySee e Dom Gerson. Os grupos trouxeram calafrios ao público tão grande a emoção passada em cima do palco.


O show dos Racionais Mc's também foi um dos melhores ocorridos nos últimos anos no DF, trouxeram muitas músicas que realmente fizeram a fama do grupo. Uma surpresa foi a presença de Helião (que mais para frente será comentado) e que aparentemente faz parte da nova formação do grupo, alguém que aparentemente terá muito a somar.

OPINIÃO (por F.E)

Mano Brown, caso você esteja lendo essa reportagem, peço que não nos leve a mal, o Blog Rap Talentos nunca foi mal tratado por você, e é realmente entendível a superproteção em cima da sua pessoa, muitas pessoas acham que o Racionais Mc's é só você, talvez até eu tivesse um pouco desse entendimento até alguns anos atrás, mas confesso que mais uma vez eu estava errado.


Ao criar "uma saída de cena" digna de bollywood (não hollywood que fique claro!) ficamos observando e percebemos que os integrantes do grupo não saíram todos juntos (papel da mídia), então após a saída do grande astro Brown a segurança no camarim dos astros diminuiu e o espaço ficou aberto para nossa entrada. Dois passos a frente e fomos recebidos por um sorriso e pedimos logo um abraço, lá estava Helião, o que passa na mente? A Lei, O Trem, Filme Triste, e uma quase que sonora explosão de emoção. Unidas por uma conversa de alguém que não estava ali apenas como um artista buscando seus cifrões. Ali próximo, outra emoção estava por chegar, Ice Blue ainda atendia alguns fãs e prontamente nos deu atenção que eu não imaginaria, fomos tratados como realmente "Manos".
Ao nos depararmos com nosso objetivo da noite senti realmente o coração acelerar, Edi Rock estava bem ali, pronto para nos atender, o que fez prontamente, ainda tive a oportunidade de lhe sussurrar: Você é o melhor rapper do Brasil (ao lado de GOG sem dúvidas).
Enfim, a missão planejada foi cumprida, mas o que foi planejado foi muito mais, foi um contato muito próximo com Dj Jamaika, Rei (cirurgia moral), um abraço rápido no GOG, uma boa conversa com o grupo Liberdade Condicional, Edi Rock, Ice Blue, Ahoto, Helião... Mas sem dúvida, a melhor parte foi o acesso ao camarim do Viela 17/Dba11. Japão é a humildade em pessoa, bem como WelbySee e seu filho Henrique (Bob'C), sem dúvida um contato que em breve renderá frutos.

Algumas fotos do evento:





































Alguns vídeos disponíveis no Youtube gravados no dia do show: